Kayke evita cobrar titularidade no Santos e projeta dupla com Ricardo Oliveira

Centroavante marcou duas vezes na vitória sobre o Atlético Paranaense pela Libertadores

Estadão Conteúdo

06 de julho de 2017 | 11h54

Contratado no início do ano para ser o reserva imediato de Ricardo Oliveira, Kayke vem fazendo muito mais no Santos. Na noite de quarta-feira, o centroavante marcou duas vezes na vitória por 3 a 2 sobre o Atlético Paranaense pelas oitavas de final da Copa Libertadores, fora de casa, e se isolou na condição de artilheiro da equipe em competições oficiais nesta temporada, com nove.

Esses números contrastam com a temporada irregular de Ricardo Oliveira, que só foi às redes quatro vezes no ano e vem sofrendo com vários problemas. Os últimos foram uma pneumonia e uma lesão no tornozelo direto, o fazendo desfalcar a equipe do Santos desde 3 de junho.

Assim, Kayke foi titular nos últimos nove jogos do time, tendo marcado cinco gols nesses compromissos. Apesar disso, ele garante não "almejar" a vaga de titular de Ricardo Oliveira, esperando o retorno do veterano atacante. E Kayke acredita até que eles podem até atuar juntos no setor ofensivo santista.

"Não me preocupo com isso. O Santos tem jogadores de alto nível. Na verdade, estou torcendo para o pastor (apelido de Ricardo Oliveira) voltar, não gostamos de ver um amigo fora por contusão. Tenho certeza que já já vai estar de volta. Podemos tranquilamente jogar juntos", projetou Kayke.

Dos nove gols pelo Santos, Kayke marcou quatro vezes diante do Atlético-PR, pois também já havia feito dois em duelo pelo Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada. Após a nova vitória, agora no Durival de Brito, o centroavante valorizou a atuação da equipe, mas adotou cautela ao avaliar a vantagem adquirida para o jogo de volta das oitavas de final da Libertadores.

"Temos que dar valor ao nosso jogo. Jogamos de forma inteligente e sábia e saímos daqui com o que esperávamos", celebrou o centroavante santista. "Mas precisamos esquecer a vantagem. O Atlético-PR pode reverter, é um clube gigante. Ainda não passamos de fase", acrescentou Kayke.

Com Ricardo Oliveira ainda em busca do melhor condicionamento físico, a tendência é de que Kayke ganhe mais uma oportunidade como titular do Santos na partida contra o São Paulo, domingo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCSantosFutebolLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.