Daniel Teixeira/ Estadão
Daniel Teixeira/ Estadão

Kelvin nega necessidade de reforços e diz que Palmeiras vive má fase

'Estamos jogando bem, mas precisamos do gol', diz atacante

DANIEL BATISTA, Estadão Conteúdo

25 de maio de 2015 | 15h33

Após três rodadas no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras soma apenas dois pontos e começa a receber as primeiras críticas da torcida, principalmente pela fragilidade do setor ofensivo. Um dos pedidos mais ouvidos é a contratação de um atacante de peso, para suprir a deficiência que tanto atrapalha a equipe. Mas para Kelvin, o desempenho do time no Paulista mostra que não há necessidade de novos jogadores e que o problema é apenas má fase de alguns atletas.

"No Paulista conseguimos fazer os gols com os atacantes que nós temos. É uma fase que não estamos conseguindo fazer os gols. Vamos continuar em cima disso, pois estamos jogando bem, mas precisamos do gol", comentou o atacante.

Kelvin, inclusive, discorda das análises de que o time não tem atuado bem. "Não estamos deixando de jogar futebol. Está só faltando o gol. Falta paciência e tranquilidade para finalizar, mas isso se corrige com o trabalho", explicou.

O atacante admite que o início ruim no nacional faz com que o clube já comece a sentir a pressão que vem das arquibancadas. "Existe uma pressão grande, porque todo mundo quer o resultado. Não só o torcedor, como nós. Não tem mais o que falar. Agora é trabalhar para sair da pressão. Fizemos um grande Paulista, vencemos clássico e esse ano já mostramos que este Palmeiras é diferente", disse.

Para começar a voltar a respirar aliviado e afastar qualquer possibilidade de crise, o Palmeiras tem pela frente dois jogos importantes. Na quarta-feira, encara o ASA, no Allianz Parque, pela Copa do Brasil, e no domingo tem pela frente o reencontro com o Corinthians, no Itaquerão, na primeira partida entre os rivais após o time alviverde levar a melhor na semifinal do Paulista.

"Temos uma semana decisiva e sabemos disso. Estamos com a cabeça no ASA, que é o primeiro jogo. Sabemos que temos que fazer o nosso resultado e deixamos o clássico para depois do jogo", comentou. O elenco do Palmeiras se reapresentou na tarde desta segunda-feira, na Academia de Futebol.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasKelvinbrasileirao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.