Kia avisa: não quer Luxemburgo

O iraniano Kia Joorabchiam - dono da MSI - foi categórico ao ser perguntado se o Corinthians pretende fazer uma proposta para a contratação do técnico Vanderlei luxemburgo - recentemente demitido no Real Madrid. Em entrevista à Rádio Record, de São Paulo, Kia disse que gosta do trabalho de Luxemburgo e o considera um dos melhores do mundo, mas não quer trabalhar com ele. ?Eu não quero trabalhar com ele. Aliás, nunca na minha vida eu quero trabalhar com ele?, disse Kia. ?Eu ainda não conversei com ninguém, mas particularmente não quero. Ele é meu amigo, eu o respeito muito e é um bom profissional, mas eu não quero?, repetiu. Kia garante que vai continuar com Antônio Lopes na Libertadores. ?Nós temos um grande técnico. Foi duas vezes campeão brasileiro, foi campeão da Copa do Brasil e vai continuar com a gente?, garantiu o dirigente.

Agencia Estado,

06 de dezembro de 2005 | 12h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.