Kia dá chance a Coelho até dezembro

Coelho se divertiu cobrando seu último pênalti no Corinthians, sábado, contra o União São João. O presidente da MSI, Kia Joorabchian, colocou as mãos na cabeça e balançou a cabeça nervosamente para Passarella. O lateral bateu, o goleiro Gilson rebateu a cobrança e só depois Coelho pegou o rebote e fez o gol.Esperto, Passarella já entendeu a determinação do homem do dinheiro. Coelho vai deixar as cobranças para Roger ou Tevez. ?Ele (Coelho) já havia pedido: não queria nem mais treinar pênaltis. Ele não deveria ter cobrado contra o União?, disse o técnico interino Márcio.?Eu não iria cobrar mesmo, mas foram todos os jogadores que insistiram que eu cobrasse. A bola não entrou direto, mas acabou sendo gol. Mostrei a minha personalidade indo para a cobrança, principalmente depois que falaram que eu derrubei o Tite contra o São Paulo?, desabafou o jovem lateral.Kia Joorabchian havia declarado seu desejo para que Tevez fosse, a partir de agora, o cobrador oficial dos pênaltis no Corinthians. ?Se eu paguei tão caro por um artilheiro, quero que ele atue nos momentos mais importantes das partidas para o Corinthians. Como na hora dos pênaltis?, desabafou Kia ao gerente Paulo Angioni.Coelho terá como compensação ser o cobrador das faltas próximas à grande área. Ganhou a disputa com Carlos Alberto e Roger. O lateral marcou um lindo gol, sábado. ?Estou me aprimorando nas cobranças de falta. O Tite sempre apostou na minha qualidade de arremate e os treinos estão dando resultado. Espero que o Passarella continue a acreditar em mim. Sinto que estou vivendo um momento especial na minha carreira.?A subida técnica de Coelho fez a diretoria parar, por enquanto, de procurar um lateral-direito para o time. Embora empresários continuem insistindo que é fácil tirar Cicinho do São Paulo, Kia está disposto a esperar pelo menos até o final do ano. Agora, ele já sabe que está livre dos sustos nos pênaltis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.