Kia faz alerta ao Corinthians

O iraniano Kia Joorabchiam mandou um recado aos dirigentes do Corinthians, que ameaçam pedir sua destitutição do cargo de administrador da parceria entre a MSI e o clube paulista. De acordo com informação veiculada pela Rede Globo, Kia teria dito que se ele sair, a parceria acaba. "Se eu sair, sai todo mundo", disse Kia a interlocutores, segundo a emissora. O empresário não explicou em detalhes o que isso significa, mas se supõe que ele estaria se referindo aos investidores e aos jogadores que a empresa contratou desde o final do ano passado.O presidente do Corinthians, Alberto Dualib viajou na noite de ontem para a Europa para conversar com os investidores com o objetivo de pedir a substituição de Kia. O dirigente corintiano entende que Kia desrespeitou o contrato de parceria e por conta disso, não tem mais condições de continuar no cargo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.