Kia não ouve Tite e dispensa Baiano

Além da dispensa de patrocinadores, outro fenômeno está acontecendo no Parque São Jorge. A inflação no elenco. O clube perdeu para o Santos o meia Fábio Baiano. "O Fábio Baiano é um jogador primordial no meu esquema. Não quero perdê-lo. Já pedi para a MSI renovar o seu contrato", pedia o técnico Tite. De nada adiantou o desejo do treinador. Kia Joorabchian quase caiu da cadeira quando soube da pedida do jogador. Ele recebia R$ 60 mil e exigiu R$ 90 mil por um contrato de um ano. O iraniano desejava renovar o contrato do possível reserva por seis meses e pagando o mesmo salário que ganhava. Foi dispensado para procurar clube quando não quis ceder um centavo na sua pedida. O meia não demorou nem duas horas para acertar a sua ida para o Santos. Na MSI o comentário é que os jogadores que já estavam no Corinthians decidiram pedir muito mais dinheiro que o normal. Kia, irredutível, já percebeu e dispensou Alessandro pelo mesmo motivo de Fábio Baiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.