Kia nega ter sido procurado pela PF

O dono da MSI, Kia Joorabchiam, negou no início da tarde desta terça-feita por meio de sua assessoria de imprensa, que tenha sido procurado por agentes da Polícia Federal. "Agentes da PF estiveram no prédio onde funciona a MSI, mas não estavam à procura de Kia. Eles procuravam outra pessoa", disse o assessor Fernando Mello. "Temos, inclusive, o nome da pessoa procurada pela PF, mas não estamos autorizados a divulgá-lo", acrescentou. "Mas, o mais importante é deixar claro que Kia não foi procurado. Durante boa parte da manhã de hoje, ele participou de um evento público na Federação Paulista de Futebol e em nenhum momento foi procurado por agentes", afirmou Mello.Relatório do Ministério Público de São Paulo vê indícios de lavagem de dinheiro na parceria Corinthians/MSI e foi encaminhado ao Ministério Público Federal em meados de abril. Até o momento não há um laudo conclusivo sobre o assunto. TÉCNICO - A diretoria do Corinthians anunciou no início da tarde a demissão do técnico Daniel Passarella. Os dirigentes procuram agora um substituto. A prioridade no clube é contratar Emerson Leão, hoje no Wissel Kobe, do Japão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.