Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Kieza cobra vitória do Botafogo em Curitiba: 'Temos de voltar a jogar bem'

Equipe alvinegra enfrenta o Atlético-PR no sábado, na Arena da Baixada

Estadão Conteúdo

23 Outubro 2018 | 19h42

Pressionado por conta de uma sequência sem vitórias, o Botafogo vê em Kieza a principal esperança de gols para os próximos compromissos do time nesta reta final do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva, nesta terça-feira, o atacante admitiu que o rendimento da equipe caiu nos últimos jogos e destacou a necessidade de voltar a apresentar um bom futebol na busca pelos três pontos fora de casa.

A oportunidade de retomar o bom futebol acontecerá no sábado, às 21 horas, na Arena da Baixada, diante do Atlético Paranaense. "Sabemos das dificuldades de enfrentar eles lá no campo deles, a bola corre mais, mas precisamos ir com o intuito de somar pontos e voltar a jogar bem", afirmou Kieza.

A retomada é necessária, na avaliação do jogador, em razão dos fracos resultados obtidos nas últimas rodadas do Brasileirão. Para piorar, o salário dos jogadores está atrasado. O time carioca é o 13º da tabela, com 35 pontos.

"Tivemos uma caída nos últimos três jogos. Ficamos muito chateados com as situações que estão acontecendo, não estamos conseguindo deixar o Botafogo no lugar que merece na tabela, além das questões de salário, mas focamos no nosso trabalho e deixamos que a diretoria resolva esse problema", disse o jogador.

A última vez que Kieza balançou as redes foi no triunfo fora de casa diante do Vitória. Questionado sobre o jejum de gols, que dura quatro partidas, o atleta salientou que não sofre pressão interna para voltar a balançar as redes.

"Nunca lidei com isso na minha carreira, falo que se eu tiver duas ou três chances no jogo, vou fazer uma, pode ter certeza. Não tenho essa pressão comigo. Vou perder gol, normal de centroavante, mas vou estar sempre fazendo, sou o artilheiro da equipe no campeonato e estou tranquilo quanto a isso", afirmou.

TREINO 

Na atividade desta terça, a novidade da equipe foi o retorno do meia Léo Valência, após ser desfalque do time nos últimos jogos em razão de problemas físicos. O chileno já será opção para o técnico Zé Ricardo para o duelo do fim de semana.

"É um grande jogador, que nos ajudou muito e infelizmente se machucou. Perdemos sem ele e infelizmente não conseguimos ganhar os jogos e jogar bem. Esperamos que ele possa voltar e deixamos isso com o Zé Ricardo, ele quem escala a equipe", comentou Kieza.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.