Kieza critica marcação do Fluminense e pede trabalho

Autor do gol do Fluminense na derrota para o Grêmio por 5 a 1, domingo, o atacante Kieza demonstrou nesta segunda-feira irritação com o resultado. Para o jogador, a equipe falhou demais na marcação e precisa trabalhar muito para escapar do rebaixamento.

AE, Agencia Estado

21 de setembro de 2009 | 15h19

"Não tem muito o que falar quando levamos cinco gols que não poderíamos ter sofrido. Falta concentração e responsabilidade para o grupo inteiro. Temos que mudar isso. O objetivo era segurar o Grêmio e sair com no mínimo um empate, mas nossa marcação está falhando", opinou o jogador, explicando a possível solução para o Fluminense. "Não tem outra palavra que não seja trabalho. Só com trabalho e foco podemos sair (do rebaixamento)".

Como levou o terceiro cartão amarelo contra o Grêmio, Kieza está fora da partida com o Avaí, domingo, no Maracanã. Antes, a equipe enfrenta o Alianza Atlético, no Peru, quarta-feira, pelas oitavas-de-final da Copa Sul-Americana.

O Fluminense segue na última colocação do Campeonato Brasileiro com apenas 18 pontos, oito atrás do Náutico, primeiro time que hoje escaparia da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.