Kléber deve ser parceiro de Luís Fabiano

O atacante Kléber está ganhando cada vez mais espaço no São Paulo, graças ao seu estilo solidário e voluntarioso. Atacante que não joga fixo na área, ele se desloca pelas duas laterais do gramado e firma-se como o melhor parceiro de Luís Fabiano, o artilheiro do time.A conquista do status veio com muito esforço. Kléber não se cansa de recuar até o meio-campo e marcar a saída de bola do adversário. Um estilo muito mais solidário do que o de Diego Tardelli, por exemplo, que joga mais fixo na área. "Conheço o Kléber há muito tempo e ele sempre foi assim, desde as categorias de base", diz o auxiliar-técnico Milton Cruz.Kléber tem dado bons passes para os companheiros, abdicando de chutar ao gol. "O que interessa é o time vencer, não importa se é com um gol meu ou de outro companheiro. Sinto o mesmo prazer em fazer o gol ou em dar um bom passe", diz o atacante de 20 anos.Contra o Grêmio, pela Copa Sul-Americana, ele deu exemplo de dedicação. Fez um gol e ainda deu passe para outros três. Na vitória por 2 a 1 contra o Vasco, um gol foi seu e o passe para Rico marcar também saiu de seus pés. "O Kléber é muito esforçado e entendeu que o sucesso do grupo vem antes do sucesso individual. Ele não tem vaidade e isso é bom", diz Rojas.Na quarta-feira, contra o Ituano, Kléber deverá formar a dupla de área com Rico. Diego Tardelli e Márcio Luiz serão as opções. No domingo, o São Paulo jogará contra o Figueirense em Santa Catarina, pelo Brasileiro, já com Luís Fabiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.