Ayrton Vignola/AE
Ayrton Vignola/AE

Kleber é festejado até por torcedores corintianos em Prudente

Jogador do Palmeiras foi recebido aos gritos de 'el, el, el, Kleber é da Fiel'

Daniel Batista e Vítor Marques, estadão.com.br

27 de agosto de 2011 | 15h17

PRESIDENTE PRUDENTE - O elenco do Palmeiras desembarcou na tarde deste sábado, em Presidente Prudente, visando a disputa do clássico deste domingo, às 16 horas, contra o Corinthians, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. E o atacante Kleber monopolizou as atenções de palmeirenses e corintianos no aeroporto local, dias depois de a Gaviões da Fiel revelar a existência de uma carteira de sócio do atacante, que em 2001 criou um vínculo com a torcida organizada corintiana.

Cerca de 300 torcedores aguardavam pela chegada dos elencos de Corinthians e Palmeiras, sendo que a maioria deles era formada por corintianos, que não perderam a oportunidade de "festejar" a chegada do jogador. O atleta foi recebido aos gritos de "El, el, el, Kleber é da Fiel" quando desceu do avião e se dirigiu ao ônibus que aguardava pela delegação palmeirense já na pista do aeroporto.

Kleber, por sua vez, ignorou as provocações e chegou a acenar de forma discreta para torcedores palmeirenses que foram prestigiá-lo. Já outras estrelas do Palmeiras, como o goleiro Marcos e o técnico Luiz Felipe Scolari, tiraram fotos com passageiros que viajaram no mesmo voo de carreira que levou o time até Presidente Prudente.

Não houve nenhuma confusão entre torcedores no aeroporto local, que contaria com a chegada do elenco do Corinthians nesta tarde, pouco depois do desembarque do Palmeiras. Os jogadores corintianos desembarcariam em voo fretado.

Antes de chegar a Presidente Prudente, o time palmeirense treinou pela manhã em São Paulo, em atividade fechada para a imprensa. A única dúvida da equipe para o clássico deste domingo é o lateral-direito Cicinho, lesionado. Caso seja vetado do duelo, o volante Márcio Araújo deverá ser improvisado na posição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.