Kléber, em forma, depende de documentos

O lateral-esquerdo Kléber, contratado por empréstimo do Basel, da Suiça, só não vai estrear contra o Atlético-PR, quarta-feira, na Arena da Baixada, se a sua documentação não for regularizada a tempo. Ele chegou à Atibaia, onde o Santos faz uma intertemporada, no sábado à tarde, passou por uma avaliação com o fisiologista Cláudio Pavanelli e participou bem do treino, atuando no time titular. Como fez a pré-temporada com o Basel, Kléber está em melhores condições de que os seus novos companheiros."Mudei um pouco a minha maneira de atuar", disse Kléber. "Quando jogava no Corinthians, eu ia muito à frente, sem me preocupar em voltar para ajudar a defesa. Na Europa, tive que me aprimorar na marcação e acho que, num todo, hoje estou melhor do que naquele tempo", completou.Se Kléber estrear, Wendel, que vinha sendo improvisado na lateral-esquerda, vai jogar na sua posição, como segundo volante, ao lado de Zé Elias, Ricardinho (volta da Seleção) e Giovanni. "Prefiro jogar no meio, mas me senti bem na lateral e se o técnico precisar, posso continuar naquela posição", disse o jogador. Douglas e Geílson vão continuar formando a dupla de ataque.Dos contundidos, o lateral-direito Paulo César (que foi muito exigido nos treinos físicos da semana passada) e Diego têm possibilidades de ficar à disposição do técnico Gallo, no banco de reservas. Ávalos e Elton também estão liberados, mas não começam jogando. O time vai ficar em Atibaia até esta terça-feira à noite, quando viajará para Curitiba. Após o jogo contra o Atlético-PR, a delegação retorna a Santos.De acordo com o diretor de futebol, Francisco Lopes, o Santos já acertou a contratação de um goleiro para a temporada de 2006. Os comentários são de que se trata de Roger, do São Paulo, que estará livre para deixar o time do Morumbi em dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.