Kléber, ex-Corinthians e Inter, anuncia sua aposentadoria

Lateral, que também defendeu o Santos, para de jogar aos 34 anos depois de rescindir seu contrato com o Figueirense após contusão

O Estado de S. Paulo

15 de agosto de 2014 | 19h43

O lateral Kléber, que fez história sobretudo no Corinthians, anunciou nesta sexta-feira sua aposentadoria, aos 34 anos, depois de rescindir seu contrato com o Figueirense por causa de uma lesão. Kléber foi comandado, entre outros, pelo técnico Carlos Alberto Parreira, formando um dos lados esquerdo mais fortes do futebol brasileiro quando atuava no clube do Parque São Jorge, ao lado de Ricardinho.

Em suas redes sociais, o jogador anunciou que vai parar e cuidar de sua empresa que trabalha com jogadores. Ele agradeceu ao carinho dos torcedores e à diretoria do Figueirense. O lateral, que também chegou a atuar pela seleção brasileira, admitiu que não faz parte de sua intenção ser um dia treinador de futebol.

No Corinthians, onde foi revelado, Kléber atuou durante cinco temporadas, conquistando os títulos do Campeonato Brasileiro de 1998 e 1999, o Mundial de Clubes da Fifa, em 2000, quando foi dirigido por Oswaldo de Oliveira, que hoje comanda o Santos, a Copa do Brasil de 2002 e mais três Estaduais, em 1999, 2001 e 2003. 

Após sua passagem pelo Corinthians, o lateral-esquerdo foi jogar no Hannover, da Alemanha. Kléber ainda atuou pelo Basel, da Suiça, na Europa. Em 2005, assinou com o Santos e depois com o Internacional, onde festejou as conquistas da Libertadores de 2010, além de quatro Campeonatos Gaúchos. Kléber trabalhou com Dunga, mas não foi chamado para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolkléberCorinthiansFigueirense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.