Kléber pega 3 jogos de suspensão por agressão a André Dias

Palmeiras consegue 'vitória' no tribunal ao dizer que o atacante não teve intenção de dar cotovelada no rival

Redação,

24 de março de 2008 | 18h24

O atacante Kleber, do Palmeiras, foi condenado nesta segunda-feira em julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) e terá de cumprir três jogos de suspensão pela agressão ao zagueiro André Dias, do São Paulo, em clássico ocorrido no último dia 16, em Ribeirão Preto, vencido pelo time de Palestra Itália por 4 a 1, pelo Paulistão.  Veja também: Dirigente vê 'precedente perigoso' na pena de Kléber Confira as chances de classificação dos clubes no Paulistão Apesar da punição, o resultado do julgamento foi uma vitória do departamento jurídico do Palmeiras, que conseguiu desqualificar o artigo do Código Brasileiro no qual o jogador estava sendo acusado (253, agressão) para um mais brando (255, ato hostil) - se fosse julgado por agressão, Kléber pegaria de 120 a 540 dias de suspensão. Em seu depoimento, Kléber explicou que não teve a intenção de agredir o jogador do São Paulo e que até pediu desculpas após o jogo. No lance, o jogador do Palmeiras acabou acertando uma cotovelada em André Dias ao tentar disputar uma bola área. O jogador são-paulino teve de receber sete pontos no supercílio. Desta forma, Kleber não defenderá mais o Palmeiras na fase classificatória do Paulistão - ele só volta nas semifinais. O clube disputará mais três jogos antes do encerramento da primeira fase, contra Portuguesa, São Caetano e Grêmio Barueri. Quem deve ganhar uma chance para começar como titular é Denílson. JORGE WAGNER NO TRIBUNALQuem também terá de enfrentar o tribunal por causa do clássico é o São Paulo. A Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva confirmou que denunciará Jorge Wagner por dar uma joelhada em Valdivia no final do jogo em Ribeirão Preto. Se for enquadrado no artigo 253, o são-paulino poderá levar 540 dias de gancho.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasSão Paulo FCPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.