Kléber Pereira critica atitude do Santos após empate

Artilheiro do Brasileiro afirma que companheiros não tiveram tranquilidade para bater a Portuguesa

Sanches Filho, Agencia Estado

28 de setembro de 2008 | 21h04

Mais uma vez, Kléber Pereira fez a sua parte. O atacante marcou o gol do Santos no empate com a Portuguesa por 1 a 1, neste domingo, na Vila Belmiro. O artilheiro do Brasileirão, porém, em vez de comemorar a grande atuação, lamentou os dois pontos que o time deixou escapar em casa. Para o jogador, seus companheiros não tiveram a calma suficiente para conseguir a vitória.Veja também:Santos e Portuguesa empatam por 1 a 1 na Vila Belmiro"Não pode ser assim, tudo mundo querendo resolver sozinho. Fazer gol é sempre gratificante, mas saio decepcionado pelo empate que para nós foi derrota", disse, decepcionado, Kléber Pereira. "Erramos muito o último passe e por isso deixamos de ganhar". Com o resultado, o Santos continua lutando contra o rebaixamento, com 30 pontos, na 14.ª posição.Mesmo com o artilheiro do time reclamando do ataque, o goleiro Douglas reconheceu que o placar podia ser outro se tivesse mais sorte no lance do gol da Portuguesa, marcado por Athirson. "O gramado molhado atrapalhou porque acreditei que a bola bateria no chão e iria para dentro da área, mas ela mudou de rumo. Peço desculpas ao torcedor e espero nos próximos jogos continuar ajudando", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.