Kléber Pereira diz que não definiu permanência no Santos

De férias no Maranhão, atacante se envolve em confusão e é acusado de ameaçar um desafeto com um arma

Alex Sabino e Daniel Brito, Jornal da Tarde

17 de dezembro de 2008 | 19h37

Kléber Pereira está em férias, mas não tem descansado muito. O jogador se meteu em confusão na última terça-feira à noite e foi acusado de sacar revólver e ameaçar um desafeto em São Luís, no Maranhão, sua terra natal. E, ao contrário do discurso oficial da diretoria do Santos, o atacante disse que não está confirmado na Vila Belmiro em 2009.  Veja também:Santos é campeão da Copa do Brasil de futebol feminino  Todos os jogos da Copa do Brasil 2009 Tabela e calendário do Paulistão 2009Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Genison Erbert Magalhães Silva afirma ter sido ameaçado pelo artilheiro do Campeonato Brasileiro, depois de expulsar de sua casa os sobrinhos do jogador. Eles a teriam invadido para escapar de um grupo que tentava agredi-los. "Kléber chegou falando alto, dizendo que não adiantava chamar a policia porque ele era o Kléber Pereira. Fui à delegacia. Quando estava lá, recebi uma ligação de casa dizendo que ele tinha voltado com mais gente em dois carros, estava armado e que iria me matar", diz Genison, que pretende processar o atacante. A versão do jogador do Santos é bem diferente. Jura que seus sobrinhos foram agredidos e foi à casa de Genison apenas para protegê-los. Mas desarmado. "Eu não sou louco. Nem tenho arma. Isso não existe. Eu é que vou processar esse rapaz. Já falei com o meu advogado", afirma. NADA ACERTADOApesar de o Santos garantir que Kléber Pereira estará na Vila em 2009, o atleta não está tão certo disso. Ele revelou que há interesse de outros clubes brasileiros. Um deles é o Flamengo. Mas, financeiramente, a melhor proposta foi dos Emirados Árabes. "Meu irmão (Daniel Pereira, que também é seu empresário) está viajando e quando voltar vai conversar com a diretoria. Estou descansando para voltar para o Santos, mas há outros times interessados. Tem uma oferta de Dubai que é muito boa. Chegou na semana passada", garante. Oficialmente, a diretoria santista não sabe de nada. Mas se movimenta no mercado atrás de atacantes. De acordo com o empresário de Alex Mineiro, as conversas para tirar o atacante do Palmeiras já estão bem encaminhadas. Se der certo, e Kléber Pereira ficar, os dois reviverão a dupla de ataque que conduziu o Atlético-PR ao título brasileiro de 2001.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCKléber Pereira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.