Kleber Pereira e Cuca: vamos tirar o Santos do rebaixamento

Atacante diz que não se importa nem com a artilharia do Brasileirão e técnico ressalta as vitórias seguidas

Sanches Filho, Especial para O Estado de S. Paulo

28 de julho de 2008 | 08h35

Para Kleber Pereira, que depois dos três pênaltis que converteu ontem passou a dividir a artilharia do Campeonato Brasileiro com o palmeirense Alex Mineiro, a goleada do Santos por 5 a 2 sobre o Vasco neste domingo, na Vila Belmiro, serviu para mostrar que as coisas estão mudando por lá.Veja também: Santos bate o Vasco por 5 a 2 e respira no Brasileirão"Vamos tirar o Santos dessa", assegurou. "Não estou preocupado em ser o artilheiro. Se tiver que passar a bola para um companheiro, passo. Todos têm que pensar no time neste momento." O discurso positivo é reforçado pelo técnico Cuca. "Se o time toma dois gols, temos que pensar que podemos fazer cinco. Esse tem que se o espírito. O jogador tem o direito de errar uma ou duas vezes do meio para frente. Só a defesa não pode descuidar. Precisa sempre estar atenta e fazer o mais simples", ensinou. Apesar de o time ter ficado na lanterna de sábado para domingo, Cuca afirma não ter ficado preocupado. "Até com vitórias às vezes não é possível se afastar das últimas colocações, mas é preciso ver o todo. Nos últimos três jogos, o Santos somou seis pontos. Quem mais conseguiu esse número de pontos?"O Santos perdeu Apodi, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, para o jogo contra o Internacional, mas terá o retorno de Marcelo e Fabão. Cuevas se recupera de uma pancada nas costas, mas se for liberado ficará no banco de reservas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.