Kléber Pereira ganha folga para passar feriado no Maranhão

Atacante santista cumpre promessa de gol e é liberado por Leão; Molina passa por ressonância magnética

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

17 de abril de 2008 | 18h55

Como o Santos só volta a jogar daqui a duas semanas, na abertura das oitavas-de-final da Libertadores, o atacante Kléber Pereira pediu, antes do jogo contra o Cúcuta, para ganhar folga até a próxima terça-feira e passar o fim de semana prolongado em São Luís, no Maranhão. O técnico Emerson Leão respondeu que só concordaria se ele fizesse um gol. "Kléber Pereira cumpriu a sua cota e vai dormir em lençóis maranhenses", brincou o técnico, após a partida.   Veja também:  Trípodi: 'Jogamos como se deve fazer na Libertadores' Molina joga segundo tempo com o nariz machucado Leão diz que ainda sonha com a chegada de reforços no Santos   Quando voltar das "férias", Kléber Pereira deve assinar o novo contrato com o Santos. Se não surgir nenhuma grande proposta do exterior, ele ficará no clube até dezembro do ano que vem. Seu novo salário é estimado entre R$ 200 mil e R$ 250 mil.   NARIZ O colombiano Mauricio Molina recebeu dois pontos no nariz, que sofreu um corte profundo após um choque com o goleiro do Cúcuta, e vai fazer uma tomografia para saber se houve fratura. Além disso, passará por uma ressonância magnética para que os médicos possam avaliar a gravidade da lesão no músculo adutor da coxa direita.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCKléber Pereira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.