Kléber volta a sentir dores e deixa treino do Cruzeiro

O atacante Kléber, do Cruzeiro, voltou a reclamar de dores na região pubiana, que o deixaram de fora de cinco rodadas do Campeonato Brasileiro. No treino desta quarta-feira, o jogador precisou ser resguardado e ainda terá de ser reavaliado pelo departamento médico do clube durante a semana para saber se terá condições de enfrentar o Avaí, domingo, no Estádio da Ressacada.

AE, Agencia Estado

30 de setembro de 2009 | 13h21

Segundo o médico Sérgio Freire Júnior, o problema com Kléber não é surpresa. "É esperado. O aumento de carga na região pubiana traz desconforto. Nós estamos naquela fase de diminuir a carga e poupá-lo para que ele tenha condição de jogo", explicou.

Quem também deixou o treinamento desta quarta mais cedo foi o atacante Guerrón, que reclamou de dores na região lombar. Apesar dos problemas na equipe, o médico Octacílio da Matta demonstrou confiança na recuperação dos dois jogadores.

"São dores localizadas devido à sobrecarga. Poupando os dois, temos boa chance de tê-los no próximo jogo", disse o médico.

O Cruzeiro ocupa apenas a 13.ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos. Para o confronto contra o Avaí, o técnico Adilson Batista também pode ficar sem o volante Marquinhos Paraná, que sofreu uma entorse no tornozelo direito na partida do último sábado, contra o Barueri. Em compensação, o também volante Henrique deve voltar ao time após cumprir suspensão na última rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.