Kléber volta ao time do Santos nesta quinta, contra o Mirassol

'Não estou 100%, mas com a vontade e experiência vai dar para suportar os 90 minutos', diz o lateral-esquerdo

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

10 de março de 2008 | 20h13

Enquanto o volante Rodrigo Souto está indo embora - foi negociado com o Lokomotiv, da Rússia -, o Santos ganha um importante reforço para a reta final do Campeonato Paulista. Recuperado de contusão, o lateral-esquerdo Kléber volta ao time no jogo de quinta-feira, contra o Mirassol, na Vila Belmiro. Veja também: Leão ainda acredita na classificação do Santos no Paulistão Ouça os gols da partida do Santos, pela Eldorado/ESPN Comovido, Souto se despede do Santos  Santos sofre para vencer o Noroeste na Vila Belmiro O retorno de Kléber foi anunciado ainda na noite de domingo, pelo técnico Emerson Leão, após a vitória sobre o Noroeste. E foi confirmado pelo próprio jogador, na tarde desta segunda-feira, quando ele fez um treino com bola com duração de uma hora, no CT Rei Pelé, e mostrou estar recuperado. "Não estou 100% fisicamente, mas com a vontade e experiência vai dar para suportar os noventa minutos que terei pela frente", garantiu Kléber, que passou por uma cirurgia no abdômen, em 20 de fevereiro, por causa de uma lesão muscular. "Estou praticamente há um mês e meio fora dos gramados e a vontade de voltar é grande. Até pedi para Leão me colocar no jogo de quinta." A volta de Kléber foi festejada por todos no Santos. Considerado o principal jogador do elenco, o lateral é um dos líderes do time em campo e costuma ser responsável pelas melhores jogadas do ataque santista. "Quero voltar agora para readquirir logo o ritmo de jogo. Acredito que não vou ser chamado nas próximas convocações para a seleção, mas espero ser lembrado para as partidas das Eliminatórias, contra Paraguai e Argentina, no meio do ano", disse Kléber, que já disputou 135 jogos e marcou 12 gols pelo Santos.  Neste ano, Kléber sentiu o problema no abdômen logo nos primeiros minutos na estréia santista no Campeonato Paulista, diante da Portuguesa. E, depois de duas tentativas frustradas de voltar a jogar, ele optou pela cirurgia. ADEUSRodrigo Souto deixou oficialmente de ser jogador do Santos à 1 hora desta segunda-feira, quando o presidente do clube, Marcelo Teixeira, e um dirigente do Lokomotiv, de Moscou, acertaram os últimos detalhes da transferência de seis milhões de euros - cerca de R$ 15,5 milhões. Como o Santos comprou 100% dos direitos federativos do jogador em janeiro, vai receber o valor integral da transação. E, nesta segunda-feira mesmo, Rodrigo Souto já viajou para o Rio de Janeiro, onde foi resolver alguns problemas pessoais e conseguir a autorização para trabalhar na Rússia - ele deve embarcar para Moscou na quarta.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCKlébervoltaPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.