Kleina admite dúvida entre Mazinho e Obina no Palmeiras

SÃO PAULO - O técnico Gilson Kleina tem uma dúvida para definir a escalação do Palmeiras que vai entrar em campo diante do São Paulo, neste sábado, no Morumbi, pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mazinho e Obina brigam pela vaga aberta no ataque com o desfalque de Maikon Leite, que, lesionado e suspenso, está fora da partida.

Daniel Batista - O Estado de S. Paulo,

05 de outubro de 2012 | 14h00

 

Por ser um jogador que atua mais pelos lados do campo, em velocidade, Mazinho seria o substituto natural de Maikon Leite, que também tem estas características. No entanto, Kleina não descartou a utilização de Obina ao lado de Barcos, o que deixaria a equipe com dois centroavantes. Esta formação, aliás, já foi utilizada ao longo da temporada, ainda sob o comando de Luiz Felipe Scolari.

 

“Com Mazinho, mantenho o padrão tático. Com Obina, mudamos um pouco o time”, admitiu o treinador. “Acho que Obina e Barcos podem jogar juntos. O Barcos preenche espaço pelos lados e Obina fica mais dentro da área. Mas, para isso, é necessário treinamento”, completou.

 

Kleina ainda admitiu que deverá decidir quem atua pouco antes da partida. “Fizemos um trabalho diferente com o Barcos, com ele saindo um pouco mais da área, e testamos o Obina. Depois, jogamos com Mazinho. Temos um tempo para decidir ainda”.

 

O outro desfalque palmeirense está na zaga, onde a equipe não poderá contar com Thiago Heleno. Ele sentiu um problema muscular na coxa direita, não treinou nesta sexta e foi confirmado como desfalque. Em seu lugar, deverá ser escalado Román. Assim, o Palmeiras entrará em campo no sábado com: Bruno; Artur, Mauricio Ramos, Román e Juninho; Henrique, Corrêa, Marcos Assunção e Valdivia; Obina (Mazinho) e Barcos.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasKleinaMazinhoObina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.