Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Kleina celebra manutenção de vantagem sobre 5º lugar

Palmeiras está 15 pontos à frente do Sport, hoje o primeiro fora do G-4 da Série B

DANIEL BATISTA, Agência Estado

15 de setembro de 2013 | 11h13

BELO HORIZONTE - Embora alguns jogadores do Palmeiras tenham saído do estádio Independência lamentando o empate em 1 a 1 com o América-MG, no últimos sábado, o técnico Gilson Kleina gostou do resultado, que manteve a equipe com 15 pontos de distância para o quinto colocado na Série B, que agora é o Sport. O time alviverde chegou aos 49 e os pernambucanos, aos 34.

"Tivemos posse de bola, jogamos no campo deles e até poderíamos sair com a vitória. Criamos mais, tivemos mais presença para chegar ao gol, mas não aconteceu como a gente queria. Temos de enaltecer, do ponto valioso conquistado, é que seguimos 15 pontos à frente do quinto", analisou o treinador.

Embora não tenha achado o resultado ruim, Kleina admite que o time teve chances de vencer, mas faltou calma. "Com o espaço que eles deram, dava para fazer o segundo gol. Buscamos, mas se tivesse mais tranquilidade, as coisas poderiam ter sido melhores. Temos de tentar diminuir os erros para não tomar mais gols", completou o comandante palmeirense.

Se a diferença para o quinto colocado se manteve intacta, o mesmo não se pode dizer em relação à briga contra a Chapecoense, segunda colocada. Como a equipe catarinense venceu o São Caetano, a diferença caiu para apenas três pontos (49 contra 46).

O Palmeiras volta a campo na terça-feira para enfrentar o Avaí no estádio da Ressacada, em Florianópolis, enquanto a Chapecoense recebe o Figueirense na Arena Condá.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPalmeirasGilson Kleina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.