Kleina diz que vai esperar por recuperação de Cajá e Nino Paraíba na Ponte Preta

Técnico não sabe se vai contar com dupla diante do Palmeiras

Estadão Conteúdo

12 de abril de 2017 | 19h34

Quem conhece mais de perto o técnico Gilson Kleina sabe que ele não gosta de escalar um jogador quando este não está com 100% de suas condições físicas e clínicas. Por isso, parece difícil que o treinador da Ponte Preta escale o meia Renato Cajá e o lateral Nino Paraíba na primeira partida semifinal do Campeonato Paulista contra o Palmeiras, domingo, às 16 horas, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

"Vamos aguardar esta semana de trabalho" afirmou o técnico, reticente, após a movimentação leve do elenco, nesta quarta-feira. Mas o departamento médico vai ter uma semana intensa. Renato Cajá se machucou no treino do último domingo, na véspera do jogo contra o Santos, no Pacaembu, pelo Paulistão. Pela avaliação médica ele sofreu um edema no músculo da coxa esquerda no retofemural.

A sua situação deve ser considerada mais delicada, porque ele vinha se preparando para entrar no time aos poucos. Foi titular diante do Gimnasia y Esgrima, pela Copa Sul-Americana, mas sentiu o desgaste muscular. O meia já tem 32 anos e preocupa a comissão técnica. Não era o titular, mesmo porque a opção de Kleina nos jogos das quartas de final foi por ter um time mais forte na marcação, com três volantes.

Já Nino Paraíba tem um edema no músculo adutor da coxa esquerda e deixou o jogo diante do Santos dando lugar para Jeferson, que é a primeira opção no setor. O certo é que Gilson Kleina deve ficar com estas duas dúvidas até momentos antes do jogo. Mas na sua cabeça, ambos devem estar fora dos planos. Eventualmente, podem ser alternativas no banco de reservas.

Nesta quinta-feira, a partir das 10 horas, começam a ser vendidos os ingressos. Os quatro mil promocionais custam R$ 20 e R$ 10. No resto do estádio, os valores são de R$ 80 e R$ 40, inclusive para a torcida visitantes. Os três mil bilhetes já foram encaminhados para São Paulo após pedido da diretoria do Palmeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.