Kleina diz temer problemas contra o Tigre na Argentina

Após seguidas confusões envolvendo times brasileiros em competições sul-americanas, Gilson Kleina admitiu nesta sexta-feira que teme enfrentar problemas em partidas do Palmeiras fora de casa, nesta Copa Libertadores. A maior preocupação do técnico é o jogo na Argentina, no dia 6 de março, contra o Tigre, que teve problemas com o São Paulo na final da Copa Sul-Americana, em dezembro.

DANIEL BATISTA, Agência Estado

22 de fevereiro de 2013 | 20h14

"A Conmebol está atenta. O que não pode é a delegação do Palmeiras ter problema, como qualquer outra delegação em São Paulo não pode ter", ressaltou o treinador. "O que move a prática esportiva é a emoção. Se não for bem dirigida, pode causar tragédia. Espero que não tragam o ano passado pela disputa que tiveram com o São Paulo. Temos de chegar lá e jogar futebol".

O Tigre enfrentou o São Paulo na decisão da Sul-Americana, no Morumbi. A partida, encerrada no início do segundo tempo, foi marcada por uma confusão entre argentinos e seguranças do clube brasileiro no vestiário do visitante. Jogadores do Tigre disseram ter sofrido ameaças e agressões físicas dos seguranças. O São Paulo negou qualquer ato violento dos seus funcionários.

Nesta semana, outro episódio violento marcou uma partida envolvendo um time brasileiro em competição sul-americana. Na quarta-feira, um sinalizador que partiu da torcida do Corinthians, presente no Estádio Jesús Bermúdez, atingiu e matou o adolescente Kevin Douglas Beltrán Espada, de apenas 14 anos, ainda nos primeiros minutos da partida contra o San José, na cidade boliviana de Oruro.

"Fiquei muito chateado, é uma vida, um garoto que foi ver um jogo e não voltou para casa. Quando é longe da gente, é estatística, mas poderia ser um ente nosso. O que não pode é entrar com esse tipo de artefato no estádio. É inadmissível. Isso tem de acabar. Vemos jogos no Brasil com delegação chegando e recebendo bombas, bombas dentro do estádio. A palavra conscientização tem de entrar no futebol", cobrou Kleina.

A partida contra o Tigre deverá ser disputada no Monumental Victoria, na cidade argentina de Victoria, no dia 6 do próximo mês.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasKleina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.