Kleina elogia evolução da equipe e projeta entrar no G4

Ao vencer a vice-líder Ponte Preta, domingo, em Campinas, o Palmeiras assumiu o sexto lugar do Campeonato Paulista. Mas o técnico Gilson Kleina ainda acha a posição aquém do que seu time pode conquistar. Por isso ele conta que a equipe termine a fase de classificação entre as quatro primeiras, ganhando o direito de jogar em casa as quartas de final.

AE, Agência Estado

08 de abril de 2013 | 15h09

"Fomos competentes e realizamos o que propusemos a fazer. Foi um jogo difícil e tivemos de competir muito. Sabemos a força da Ponte, o que valorizou muito a nossa vitória. Agora é focar para chegar ao G4", comentou o treinador, elogiando a postura da equipe na vitória por 2 a 1 que tirou a invencibilidade da Ponte Preta no Paulistão.

Uma distância de apenas três pontos separa o Palmeiras da Ponte, ainda segunda colocada. O time de Campinas tem 34, contra 33 de Mogi Mirim e Santos e 32 do Corinthians. O Palmeiras soma 31. Botafogo (28) e a Penapolense (27) também estão no G8. O São Paulo lidera disparado, com 38, e se vencer a União Barbarense, em jogo adiado, nesta quarta, já garante o primeiro lugar antecipadamente.

Apesar do interesse em evoluir no Paulistão, o próximo compromisso do Palmeiras é pela penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores, quinta, às 19h15, contra o Libertad, no Pacaembu. Para este jogo, já foram vencidos cerca de 21 mil ingressos. A arquibancada verde/amarela e a cadeira laranja já estão esgotadas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.