Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Kleina exalta consistência e vê Palmeiras maduro

Time alviverde enfrenta o Paysandu no próximo sábado

AE, Agência Estado

14 de agosto de 2013 | 12h13

JOINVILLE - A vitória por 1 a 0 sobre o Joinville, na noite de terça-feira, fora de casa, garantiu ao Palmeiras a décima partida seguida sem derrota na Série B do Campeonato Brasileiro. Satisfeito com o desempenho do time, que soma nove vitórias e apenas um empate nessa série invicta, o técnico Gilson Kleina destacou a consistência do time, líder da divisão de acesso com 37 pontos.

"O trabalho dos jogadores tem sido de grande valia. São 10 resultados positivos, estamos fazendo um campeonato muito regular. Tem de ser dessa forma, viver um jogo de cada vez, seriedade e manter o foco. Esse espírito de luta, até o presente momento, nós incorporamos", declarou.

Com a excelente campanha, o retorno do Palmeiras à primeira divisão parece praticamente certo, mas Kleina trabalha para conter qualquer comemoração antecipada. O treinador avaliou que o time vem adquirindo maturidade na Série B e também poderá ser competitivo na Copa do Brasil.

"Essa euforia não pode entrar no grupo, o mais importante é estarmos comprometidos com os resultados e com o objetivo final, que é voltar à elite do futebol brasileiro. Não vejo esse tipo de empolgação, ao mesmo tempo pregamos que somos líderes, mas não ganhamos nada. Temos de continuar com essa entrega, participaremos de duas competições. Temos a obrigação de entrar forte e dar o nosso melhor. O grupo está cada vez mais maduro, mas sabemos que temos de provar a cada jogo", disse.

Kleina também celebrou a vitória do Palmeiras sobre o Joinville e destacou que o time não passou sustos no duelo. "Foi uma partida truncada de poucas finalizações, porém a efetividade da equipe foi muito boa. Uma vitória consistente, não tomamos sustos. Aqui, em Santa Catarina, o Joinville inicia o jogo muito forte, dentro de seus domínios faz valer. Começou a chuva e tirou a velocidade (da partida), ficou um pouco mais de bola parada. Nós começamos a aumentar a estatura da equipe, que era uma preocupação que tínhamos. Anulamos bem os pontos fortes do Joinville, um deles é o lado direito", afirmou.

O Palmeiras volta a entrar em campo na Série B no próximo sábado, quando vai receber o Paysandu, às 16h20, em partida válida pela 16ª rodada, no Estádio do Pacaembu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPalmeirasGilson Kleina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.