Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Kleina não se empolga com Adriano: 'Ele precisa se resolver como pessoa'

Entrevista completa com o técnico do Palmeiras será publicada nesta terça-feira

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

25 de março de 2013 | 20h22

SÃO PAULO - O técnico Gilson Kleina admite a necessidade de contratar um atacante, mas não mostra muita empolgação com a possibilidade dele ser Adriano. O treinador palmeirense acha o atacante ainda precisa de muita ajuda até conseguir voltar a jogar futebol.

“A situação do Adriano é complicada. Ele precisa se resolver como pessoa. Todos nós temos problemas ou algum parente ou amigo que tem. A primeira pessoa que tem de reconhecer que tem um problema é ela mesma. Ela precisa colocar na cabeça que vai se ajudar e com isso, as coisas caminham”, disse o treinador, em entrevista exclusiva para o Estado.

Mas se Adriano conseguir mudar, é um nome que agrada. “É inquestionável a capacidade dele. Adriano colocando a cabeça no lugar ele volta a jogar em alto nível”, projetou.

Além do Palmeiras, Adriano também procurou o Botafogo, Vasco, Internacional e Santos.

A entrevista completa com o técnico Gilson Kleina será publicada na edição desta terça-feira no jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.