Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Kleina revela conversa com Kardec e projeta atacante na seleção

Treinador acredita que o atacante vai manter a boa fase, mesmo não sendo chamado por Felipão

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2014 | 07h45

SÃO PAULO - O atacante Alan Kardec viveu a expectativa de ser convocado pela primeira vez para defender a seleção brasileira, mas o jogador do Palmeiras não foi chamado por Luiz Felipe Scolari, para o amistoso contra a África do Sul, dia 5 de março. O treinador palmeirense, Gilson Kleina, revelou ter conversado com o jogador e pediu que ele mantenha o foco.

"Tivemos uma conversa com ele. Ele é centrado e sabe que vive um bom momento. A tempo atrás, ele não estava nem sendo lembrado no Brasil e agora ele está sendo especulado em seleção brasileira graças ao Palmeiras. Falei para ele manter o nível de atuação, porque ele tem 24 anos e caso não aconteça esse ano, com o destaque que está tendo, na próxima Copa e nas próximas convocações ele estará na seleção brasileira", projetou o treinador.

Alan Kardec retorna ao time contra o São Bernardo, nesta quinta-feira, no Pacaembu, após cumprir suspensão contra o Botafogo de Ribeirão Preto. O jogador, já disse que espera um dia ter uma oportunidade de defender a seleção nacional, mas garante que a ausência na lista dos preferidos de Felipão não é algo que vai fazê-lo perder a motivação.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.