Klinsmann acredita em vitória contra Argentina e no título

O técnico da seleção alemã, Jürgen Klinsmann, disse nesta quinta-feira que sua equipe pode vencer a Argentina, pelas quartas-de-final, e até chegar ao título porque, além da técnica necessária, dispõe da preparação física suficiente para o sucesso."A Argentina tem um jogo magnífico de passes e uma forma automatizada de correr. Foi por isso que pôde ganhar por 6 a 0 da Sérvia e Montenegro. Tudo isso merece admiração, mas o mais importante é que nós crescemos durante a competição", afirmou o treinador, em entrevista publicada na revista esportiva Kicker.Para Klinsmann, a principal diferença entre a Alemanha que há um ano empatou duas vezes com a Argentina, e a de hoje, é que agora "somos um conjunto que pode pisar no acelerador durante 120 minutos", ao passo que, na ocasião, as forças da equipe não suportavam mais que 70 minutos. "Agora temos uma configuração ideal e estamos cheios de energia e, por isso, chegou o momento de fazer frente aos grandes times do mundo", ressaltou.Por sua vez, o assistente do técnico, Joachim Loew, afirma, em entrevista publicada nesta quinta ao jornal local Taz, que a seleção alemã não manterá atenção especial somente a Riquelme, mas também a Sorín. "Observamos uma evolução interessante neste Mundial: as seleções de sucesso são aquelas que têm alas fortes. Na hora de atacar, desenvolvem uma superioridade numérica e, de um momento a outro, são capazes de recompor a defesa".Para ele, o ponto forte da Argentina consiste em sua tremenda rapidez, "maior que a do Brasil", com maior contato com a bola e constante movimento dos jogadores. Apesar disso, Loew acredita que a Alemanha pode vencer a partida, sempre e quando "corramos ao máximo e mostremos uma condição excelente no dia".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.