Klinsmann deve continuar à frente da seleção, diz Ballack

O capitão da seleção da Alemanha, Michael Ballack, disse nesta segunda-feira que o técnico Jürgen Klinsmann deveria continuar à frente da equipe depois da Copa. "Nos últimos anos, o cargo de técnico da seleção se tornou muito dependente de resultados. Todos pensam apenas nas competições que se disputam", disse o meia ao jornal local Die Welt.Para Ballack, Klinsmann conseguiu motivar uma equipe muito jovem e que não tinha os grandes nomes de épocas passadas. "Foi formado um time, com muito espaço para crescer e que pode vir a ter um futuro brilhante. Eu ficaria muito contente se ele continuasse, porque acho que seria ótimo para o futebol alemão".Antes do início do Mundial, Klinsmann foi bastante criticado pela mídia alemã e até pelo presidente do Comitê Organizador, o "Kaiser" Franz Beckenbauer. Com os primeiros resultados positivos da equipe, no entanto, o treinador vem sendo coberto de elogios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.