Phil Noble/AFP
Phil Noble/AFP

Klopp alerta jogadores que só querem jogar a Liga dos Campeões: 'Podem sair'

Em crise no Campeonato Inglês, Liverpool precisa se reerguer para ficar entre os quatro primeiros colocados

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de março de 2021 | 10h54

O Liverpool não vive seus melhores dias. A equipe de Jurgen Klopp ocupa apenas a 7ª posição do Campeonato Inglês, com 43 pontos, a quatro de distância do Chelsea, 4º colocado, e o primeiro time na zona de classificação para a Liga dos Campeões. Com isso, o treinador ligou o sinal de alerta em seu elenco, dizendo que os que querem apenas disputar a principal competição europeia, que podem procurar outra equipe.

É bem verdade que ainda faltam algumas rodadas para o fim do Campeonato Inglês e que muita coisa pode mudar, mas os recentes resultados do Liverpool são preocupantes. O atual campeão viu as chances de ficar entre os quatro primeiros colocados diminuir ainda mais após perder para o Chelsea, na última quinta-feira. O resultado marca o quinto revés consecutivo no Anfield, a pior marca de sua história.

Com isso, Klopp veio a público repreender seus atletas, dizendo que aqueles que só quem têm interesse pela Liga dos Campeões, estão livres para procurar outro clube. "Eu já disso isso anteriormente, anos atrás, se um jogador não quer se unir a nós porque não estaremos na Liga dos Campeões no próximo ano, eu não o quero."

"Se um jogador quer sair porque não disputamos a Liga, eu não o quero. Não é algo pessoal, mas você sempre precisa encontrar o elenco ideal para os desafios que tem pela frente e então ir atrás deles", disse.

O treinador alemão, apesar da bronca, mostrou bastante confiança em seu atual elenco. "(Lealdade dos jogadores) não é algo que temos de nos preocupar", afirmou Klopp neste sábado. "Eu sei que temos a lealdade dos jogadores e esta não é uma situação em que os atletas diriam que, por não jogarmos a Liga, que iriam sair."

"Isto não vai acontecer", garantiu. "Eu conheço eles suficientemente para saber que isso também não será um problema para os eventuais novos jogadores", completou. O Liverpool entra em campo neste domingo, diante do Fulham, também no Anfield. Um bela oportunidade para se aproximar dos líderes do Inglês e de dar fim ao incômodo jejum.

Desde que Jurgen Klopp assumiu o Liverpool, em 2015, o time participou de todas as edições do torneio europeu, com exceção de um ano. Em 2019, derrotou o Tottenham por 2 a 0 na final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.