Michael Regan/AP
Michael Regan/AP

Klopp celebra aval para dois mil torcedores em Liverpool

'Estamos dando pequenos passos na direção certa'. celebra o treinador

Redação, Estadão Conteúdo

27 de novembro de 2020 | 13h48

O técnico do Liverpool, Jürgen Klopp, celebrou a liberação para que os jogos do time no Anfield Road possam passar a receber 2 mil torcedores a partir de dezembro em competições locais. Isso foi possível porque a cidade de Liverpool foi colocada no segundo nível de restrições em função da covid-19 pelo governo.

Klopp, porém, garantiu não ver o cenário como uma vantagem para o Liverpool na briga pelo título do Campeonato Inglês com os seus principais rivais, que não têm o aval para a volta dos torcedores aos estádios, algo que não acontece no país desde março.

"Não se trata de discutir a vantagem ou desvantagem disso ou daquilo. Estamos dando pequenos passos na direção certa. Estou feliz que podemos trazer 2 mil pessoas, ninguém sabe por quanto tempo vamos ter condições de fazer isso, mas acho que devemos discutir não na base de uma vantagem para esta ou aquela equipe. O mundo está em um lugar difícil e todos nós esperamos por pequenas passos. Este é um pequeno passo na direção certa", afirmou.

O Liverpool voltará a jogar no sábado, quando visitará o Brighton & Hove Albion. Na terça-feira, recebe o Ajax pela Liga dos Campeões da Europa. Depois, no dia 6, aí com a presença de público em Anfield Road, enfrentará o Wolverhampton.

A maratona de jogos vem incomodando Klopp, que espera ter o capitão Jordan Henderson já neste fim de semana, mas segue sem jogadores importantes, como Mohamed Salah, Joe Gomez e Virgil van Dijk.

"Hendo treinou ontem (quinta-feira) em separado", explicou. "Você me perguntou sobre minha escalação, eu não poderia te dizer. Eu tenho que esperar pelo departamento médico para dizer", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiverpool Football Club

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.