Oli Scarff/AFP
Oli Scarff/AFP

Klopp confirma lesão de Philippe Coutinho e prevê três semanas fora

Meia brasileiro foi diagnosticado com uma lesão muscular

Estadão Conteúdo

07 de janeiro de 2016 | 11h00

O Liverpool venceu o duelo de ida das semifinais da Copa da Liga Inglesa diante do Stoke City, por 1 a 0, na terça-feira, mas o confronto deixou sequelas. Três jogadores saíram de campo sentindo problemas físicos: os zagueiros Lovren e Kolo Touré e o meia Philippe Coutinho. E o caso do brasileiro é justamente o que mais preocupa, como explicou o técnico Jürgen Klopp nesta quinta.

"O Phil (Philippe Coutinho) é um pouco mais sério que o Dejan, que é mais sério do que o Kolo. Mas nenhum desses jogadores estará disponível para amanhã", disse, descartando o trio para o duelo contra o Exeter, nesta sexta, pela Copa da Inglaterra. "É sempre lesão muscular, você não sabe bem."

Coutinho deixou o gramado no triunfo sobre o Stoke ainda na primeira etapa, aos 18 minutos, sentindo um problema na coxa. O jogador passou por exames médicos e foi diagnosticado com uma lesão. Segundo Klopp, a tendência é que o brasileiro fique três semanas afastado.

"O Phil precisa de talvez uma, duas semanas a mais, então serão três semanas (fora) para o Phil", explicou. "Mas é lesão muscular, então você nunca sabe ao certo. É realmente raro recuperar mais rápido, às vezes demora mais, então vamos ver o quanto demora."

Minutos depois da saída de Philippe Coutinho, Lovren também precisou ser substituído sentindo o mesmo problema do brasileiro. Touré até aguentou até o fim da partida, mas também exibiu um claro desconforto físico. O caso do marfinense, no entanto, é o menos complicado.

"Com o Kolo foi uma cãibra, não é um problema, mas depois de três dias não é possível jogar o próximo jogo. Mas, com certeza, semana que vem não será um problema", comentou Klopp. "Com o Dejan, a situação é que eu acho que ele poderá atuar depois do Manchester United", concluiu, praticamente descartando o jogador do duelo do dia 17.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.