Jon Super/Reuters
Jon Super/Reuters

Klopp diz que retorno de Van Dijk na temporada acontece apenas por 'um milagre'

Zagueiro holandês não tem previsão de volta após passar por cirurgia no joelho

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de fevereiro de 2021 | 12h45

Um dos melhores defensores do mundo e peça fundamental para o Liverpool, o zagueiro Virgil van Dijk é carta praticamente fora do baralho do time de Jurgen Klopp, segundo o próprio treinador. O holandês precisou passar por cirurgia no joelho em outubro e apenas 'um milagre' pode fazer com que volte nesta temporada.

Em busca de defender o título do Campeonato Inglês, o Liverpool tinha em van Dijk peça fundamental de seu esquema defensivo. Hoje, o clube tem quatro pontos de distância para o líder Manchester City e deverá continuar sem o holandês pelo resto da temporada. Apesar das sugestões de que poderia voltar em abril, Klopp se diz menos esperançoso.

"Nenhum médico me disse que há chances de Virgil (van Dijk) jogar de novo nesta temporada. Eu não quero dizer que é impossível, mas não é provável", disse o treinador nesta terça-feira, em entrevista prévia ao duelo com o Brighton & Hove Albion, pelo Inglês, nesta quarta-feira.

"Se não tem espaço no elenco, temos de tomar uma decisão. Se ele está na lista, é apenas porque nós esperamos por um milagre", acrescentou Klopp. "Eu acho que temos espaço para Virgil na lista da Liga dos Campeões. Se nós tivermos vaga, então Virgil a ocupará."

Van Dijk se machucou em partida com o Everton, em outubro do ano passado. No lance em questão, o zagueiro de 29 anos colidiu violentamente com o goleiro Jordan Pickford, o que muitos consideram como entrada imprudente do arqueiro.

Para compor a defesa, o Liverpool contratou, no último dia de transferências, Ben Davies e Ozan Kabak. As chegadas dos jogadores ocorre também em outro mau momento para a equipe: com a lesão de Joel Matip, que também está fora da temporada devido a problemas no ligamento do tornozelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.