Reuters
Reuters

Klopp garante Liverpool motivado na próxima temporada e elogia Guardiola

Técnico campeão inglês descarta time acomodado e revela sonhar com o bicampeonato

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2020 | 14h05

O Liverpool encerrou um jejum de 30 anos na última semana ao voltar a conquistar o título do Campeonato Inglês, mas não vai se contentar com isso. Quem garantiu foi o técnico Jürgen Klopp, prometendo que o time não será "caçado" na próxima temporada, buscando o bicampeonato nacional.

Embora o Manchester City tenha faturado o título por duas temporada consecutivas antes de ser destronado pelo Liverpool, o feito é raro na Inglaterra e havia ficado sem acontecer por dez anos.

"Não defenderemos o título no próximo ano, atacaremos o próximo", disse o treinador alemão em uma entrevista coletiva virtual. "Sentimos que estamos no meio de algo que não está no final de alguma coisa. Será o fim de algo quando terminarmos as nossas carreiras, esse será o fim deste período", acrescentou. "Eu não me sinto completamente satisfeito, honestamente. É apenas mais um passo, um incrivelmente grande, mas não é a única coisa que eu quero falar aos jogadores quando nos encontrarmos daqui a 20 anos".

Ao comentar a possibilidade de briga pelo título, Klopp exaltou a competitividade do futebol inglês. "É óbvio que o City é um time excelente, o United está em excelente forma e o Chelsea está realmente se montando bem, fazendo negócios interessantes. O Tottenham não dorme, o Arsenal não dorme, tem o Leicester, existem muitas equipes", disse.

Nesta quinta-feira, o Liverpool vai visitar o segundo colocado Manchester City, fora de casa, em mais um encontro de Klopp com Pep Guardiola. E o alemão voltou a elogiar o treinador espanhol. "Ele é um cara excepcional. Eu o respeito muito. Normalmente não temos muito contato durante a temporada. Ele é um concorrente e ele sempre quer vencer e sabe aceitar derrotas quando perde. Eu tive que aprender isso com mais frequência do que ele", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.