Phil Noble/Reuters
Phil Noble/Reuters

Klopp reclama de calendário inglês antes de Liverpool fazer 2 jogos em 48 horas

Equipe enfrentará o Leicester em casa, no domingo, e o Burnley fora, na segunda-feira

Estadão Conteúdo

28 de dezembro de 2017 | 14h02

As festividades de final de ano abarrotadas de partidas do Campeonato Inglês sempre foram vistas como grande sacada no mundo futebolístico. Mas nem todos os envolvidos parecem concordar com a ideia. É o caso de Jürgen Klopp, técnico do Liverpool.

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Inglês

+ Ajax anuncia melhor técnico do Holandês em 2016 como seu novo comandante

+ Lanterna do Inglês, Swansea anuncia contratação de técnico português

Preocupado com a dura sequência de jogos nos próximos dias, quando sua equipe enfrentará o Leicester no sábado, em casa, e o Burnley na segunda-feira, fora, Klopp reclamou nesta quinta do tradicional calendário inglês.

"Você não aprende com isto, você só aprende a aceitar isto", declarou o treinador, lembrando que o Liverpool teve a mesma sequência desgastante na temporada anterior, quando desafiou o Manchester City e o Sunderland em 48 horas. "É assim."

Para enfrentar o desafio, Klopp falou que é importante pensar jogo a jogo, sem refletir sobre a maratona. "Precisamos estar totalmente concentrados no Leicester e depois do jogo temos algumas horas para 'recolher nossos ossos' para ver quem está em condições de jogar contra o Burnley. Só aí definiremos a escalação."

Embora reticente com a sequência, o treinador garantiu que o Liverpool está mais preparado para enfrentá-la do que na temporada anterior, quando o elenco conviveu com uma série de lesões. "Depende sempre das contusões. E estamos realmente preparados. Não é como no último ano, quando não estávamos preparados para o período, com contusões em um momento errado."

Klopp, por fim, ponderou que o calendário é assim e não adianta lamentar. "É diferente. Não vamos choramingar com isto. Jogaremos contra o Leicester, jogaremos contra o Burnley e jogaremos contra o Everton (na próxima sexta, pela Copa da Inglaterra)."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.