Klose é o artilheiro com menos gols desde 1962

Os cinco gols que deram ao alemão Miroslav Klose a artilharia da Copa do Mundo de 2006 também o tornaram o goleador de uma Copa com menos gols desde o iugoslavo Drazan Jerkovic, autor de cinco gols em 1962, no Chile. De lá para cá, sempre os artilheiros fizeram pelo menos seis gols.Klose nasceu em Oppeln, na Polônia, em 9 de junho de 1978. Mudou-se com a família ainda pequeno para a Alemanha, depois de viver também na França. Encerra a Copa com 62 jogos pela seleção alemã e 29 gols marcados. Seu primeiro clube de grande porte foi o Kaiserslautern, ao qual chegou em 1999, levado por Andreas Brehme - ex-lateral da seleção alemã, autor do gol do título na Copa de 1990.Sua estréia pela seleção foi em 24 de março de 2001, numa vitória por 2 a 1 sobre a Albânia, pelas Eliminatórias - entrou no segundo tempo e marcou o segundo gol, a dois minutos do fim. Em 2002, também marcou cinco gols na Copa, todos na primeira fase, e parou por ali - acabou superado por Ronaldo, que terminou como artilheiro da Copa, com 8 gols.Em 2004, trocou o Kaiserslautern pelo Werder Bremen. Nesta Copa, marcou dois gols já na estréia, na vitória por 4 a 2 sobre a Costa Rica. Depois, fez outros dois contra o Equador. E, se não marcou contra a Suécia, nas oitavas-de-final, fez as duas assistências para os gols de Podolski.Seu quinto gol foi ainda mais decisivo: empatou o jogo contra a Argentina e permitiu que a Alemanha levasse a disputa para os pênaltis - que não disputou, pois foi substituído por Neuville. Por causa de uma lesão muscular, atuou no sacrifício contra Itália e Portugal.Confira todos os artilheiros das Copas do Mundo:1930 - Guillermo Stábile (Argentina) - 8 gols 1934 - Oldrich Nejedly (Checoslováquia), Edmund Conen (Alemanha) e Angelo Schiavo (Itália) - 4 gols 1938 - Leônidas da Silva (Brasil) - 8 gols 1950 - Ademir Menezes (Brasil) - 9 gols 1954 - Sandor Kocsis (Hungria) - 11 gols 1958 - Just Fontaine (França) - 13 gols 1962 - Drazan Jerkovic (Iugoslávia) - 5 gols 1966 - Eusébio (Portugal) - 9 gols 1970 - Gerd Müller (Alemanha) - 10 gols 1974 - Grzegorz Lato (Polônia) - 7 gols 1978 - Mario Kempes (Argentina) - 6 gols 1982 - Paolo Rossi (Itália) - 6 gols 1986 - Gary Lineker (Inglaterra) - 6 gols 1990 - Salvatore Schillaci (Itália) - 6 gols 1994 - Oleg Salenko (Rússia) e Hristo Stoichkov (Bulgária) - 6 gols 1998 - Davor Suker (Croácia) - 6 gols 2002 - Ronaldo (Brasil) - 8 gols 2006 - Miroslav Klose (Alemanha) - 5 gols

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.