Alberto Estevéz/EFE
Alberto Estevéz/EFE

Koeman diz que Dest 'sofreu apagões' contra Mbappé em goleada do PSG sobre o Barça

'Ele teve muitos momentos no jogo em que não estava 100% focado', declarou o técnico do time catalão

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de fevereiro de 2021 | 11h28

Técnico do Barcelona, Ronald Koeman voltou a falar sobre a goleada que sua equipe sofreu no meio de semana para o Paris Saint-Germain, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Para o comandante holandês, boa parte do show protagonizado por Kylian Mbappé vem da má atuação de Sergiño Dest, responsável por marcá-lo. Para Koeman, o lateral-direito 'sofreu apagões' diversas vezes.

Dest, de apenas 20 anos, tem sofrido com recorrentes problemas na coxa, o que tem feito com que fique de fora  de alguns compromissos do Barça. Porém, para o duelo com o PSG, ele acabou vencendo a concorrência com Oscar Mingueza e foi o escolhido de Koeman para a árdua tarefa de combater Mbappé. Acontece que o astro francês brilhou e fez três gols justo no momento que os franceses não puderam contar com o protagonismo de Neymar. O técnico do time catalão cobrou mais foco do seu jogador.

"Talvez porque ele não esteja jogando regularmente e porque ele teve algumas lesões", justificou Koeman em entrevista coletiva neste sábado. "Isso influenciou muito sua participação no time". Por suas condições, Sergiño Dest acabou sendo substituído por Mingueza no segundo tempo.

"Mas agora ele está bom, está fisicamente bem", acrescentou o comandante. "Ele tem 20 anos de idade, mas ele tem de aprender, ele tem de ser mais agressivo, ele tem de estar mais concentrado. Ele teve muitos momentos no jogo em que não estava 100% focado. Nós conversamos sobre isso com ele."

Dest se juntou ao Barcelona vindo do Ajax em outubro de 2020, com valores de 20 milhões de euros, aproximadamente R$ 130 milhões. Somando todas as competições da temporada vigente, ele apareceu em 24 compromissos. Ele teve um bom início, sendo um dos destaques do clássico com o Real Madrid no fim do último ano, mas suas recorrentes lesões têm atrapalhados seus últimos meses.

O confronto de volta entre Paris Saint-Germain e Barcelona acontece somente no dia 10 de março, na França. Vale lembrar que o time espanhol já reverteu uma situação parecida em 2017, tendo Neymar como protagonista. O primeiro jogo, no Parque dos Príncipes, foi 4 a 0 para os mandantes, enquanto que o segundo encontro terminou em 6 a 1 para os catalães, com direito a dois gols do astro brasileiro.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.