Kompany diz estar recuperado para encarar a Rússia

Capitão da seleção belga, Vincent Kompany assegurou que está bem e que deve começar a partida contra a Rússia, neste domingo, no Maracanã. O zagueiro havia treinado separado dos demais jogadores nas duas últimas atividades por causa de dores na virilha, mas se mostrou confiante em sua recuperação.

MARCIO DOLZAN E RONALD LINCOLN JR., Agência Estado

21 de junho de 2014 | 13h07

"Estou muito bem, fiz um programa individual nas duas últimas sessões de treinamentos. Hoje (sábado) tem o treinamento com a equipe inteira, tudo deve ocorrer bem e não deve haver problemas para o jogo de amanhã (domingo)", disse Kompany, durante uma entrevista coletiva realizada antes do treino de reconhecimento do gramado do Maracanã

Antes do início da Copa do Mundo, a Bélgica era considerada uma das equipes mais promissoras da competição. No entanto, depois da vitória magra por 2 a 1 sobre a Argélia, o posto de possível surpresa passou a ser contestado. Para Kompany, ser promessa não basta.

"Nós não viemos provar nada, vamos tentar mostrar os resultados dentro de campo. Quantos outros grandes países como Espanha, Inglaterra e Brasil fugiram das expectativas? Me dê um exemplo, tirando a Alemanha, de um time que tenha convencido. Eu vim aqui para mostrar resultado. Se referem à Bélgica como promessa, mas só haverá um vencedor. Temos de ter paciência", alertou o jogador.

Titular do atual campeão inglês, Manchester City, o zagueiro é acostumado a jogar em estádios modernos e de impecável infraestrutura. Mas, para ele, atuar no Maracanã será ainda mais especial. "Já joguei em muitos estádios na Europa, mas os dois mais simbólicos são Wembley e o Maracanã. Estou ansioso para enfrentar a Rússia nesse estádio. É um sonho de garoto que vou realizar. Não só eu, é um sonho para todos os jogadores", revelou Kompany.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolKompany

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.