Kosovo já pensa em técnico para seleção de futebol

Ex-jogador Kujtim Shala diz que deve assumir o comando técnico da equipe do país que luta pela independência

Efe

18 de fevereiro de 2008 | 14h21

Um dia depois da declaração de independência do Kosovo, o ex-meio-campo Kujtim Shala disse nesta segunda-feira que deve assumir como primeiro técnico da seleção de futebol do auto proclamado país. "Fadil Vokrri foi eleito presidente da Federação e tínhamos acertado que eu seria o técnico da equipe principal. Se nada mudar radicalmente, acho que terei a honra", disse Shala ao jornal croata Tportal.Shala e Vokrri atuaram juntos no Partizan Belgrado da Sérvia nos anos de 1983 e 1984. O candidato a técnico do Kosovo, de 43 anos, tem passaporte croata e defendeu a seleção do país. A idéia é que o primeiro jogo oficial do Kosovo seja contra a Croácia em Pristina, capital da auto proclamada nação. "Seria um início ideal. Tenho excelentes relações com o presidente da Federação Croata. Acho que será possível", afirmou o treinador, que reclamou da dificuldade para conseguir jogadores."Vários jogadores kosovares já defendem outras seleções. Um exemplo é o meio-campo Lorik Cana, do Olympique de Marselha. Ele já optou pela Albânia e não há nada a fazer", apontou.De qualquer forma, Shala entrará para a história como o homem que comandou o primeiro jogo oficial das seleções dois países: Croácia e agora o Kosovo, cujo parlamento proclamou ontem a independência da Sérvia.

Tudo o que sabemos sobre:
KosovoONUfutebol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.