Miguel Vidal/ Reuters
Miguel Vidal/ Reuters

Kroos admite má fase do Real: 'Não chegamos ao nosso melhor'

'Todos na equipe querem dar muito mais, por nós e pela torcida'

Estadão Conteúdo

26 de dezembro de 2015 | 16h37

O Real Madrid terminará 2015 bastante pressionado. As críticas da torcida não diminuíram mesmo depois dos incríveis 10 a 2 aplicados no Rayo Vallecano no fim de semana passado, jogo em que os atletas madrilenhos deixaram o gramado vaiados. As más atuações e os resultados abaixo do esperado são os motivos da irritação, e os próprios jogadores sabem que estão devendo.

"A resposta é muito clara, queremos dar muito mais. Todos na equipe querem dar muito mais, por nós e por nossa torcida. Não chegamos a dar o melhor de nós em determinados momentos", declarou o meia Toni Kroos em entrevista ao site do clube.

Se na Liga dos Campeões a equipe avançou na primeira colocação de seu grupo, no Campeonato Espanhol ocupa somente a terceira posição. Mas o que não falta no elenco é talento, já que o Real conta com o próprio Kroos, Cristiano Ronaldo, Bale, James Rodríguez, Benzema, entre outros.

"Sou otimista. Temos margem de melhora e estou convencido de que vamos dar este salto adiante. Trabalhamos bastante no dia a dia e vamos refletir este trabalho nas partidas. Estou convencido de que vamos conseguir a regularidade que não só exige nossa torcida, como nós mesmos", comentou o alemão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolReal MadridToni Kroos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.