Mariana Bazo/Reuters
Mariana Bazo/Reuters

La Paz disponibiliza espaços públicos para fãs sem TV a cabo assistirem a Copa

Bolivianos vão aproveitar o Mundial mesmo sem a participação da seleção local

Estadão Conteúdo

11 Junho 2018 | 22h02

A cidade de La Paz, capital da Bolívia, vai disponibilizar seis espaços públicos para os fãs de futebol do país acompanharem pela televisão, gratuitamente, a Copa do Mundo na Rússia. A iniciativa vai beneficiar principalmente crianças e idosos que não têm acesso à TV a cabo.

+ Peru faz primeiro treino na Rússia e jogadores agradecem presença da torcida

+ Recuperado de lesão, Cristian Zapata vislumbra Colômbia na decisão da Copa

A prefeitura local divulgou que os jogos poderão ser assistidos em três sedes de subprefeituras, duas casas distritais e um espaço cultural, por meio de acordo entre a administração municipal e a Cooperativa Telefônica de La Paz (Cotel).

"Todos podemos aproveitar essa festa em diferentes espaços ativados", disse um funcionário do governo municipal. "Como gestão pública, buscamos a democratização, o conhecimento cultural. A Copa do Mundo é uma atividade que nos une e nos gera emoções", completou o servidor.

Além destes espaços, haverá transmissão da abertura do Mundial, nesta quinta-feira, na Plaza Mayor de San Francisco, um dos lugares mais movimentados da cidade de La Paz.

 

A Bolívia não se classificou para a Copa do Mundo de 2018, mas o futebol é o esporte com mais seguidores no país. O presidente boliviano, Evo Morales, é um dos maiores entusiastas do esporte. Esteve nos Mundiais de 2010, na África do Sul, e de 2014, no Brasil. Também estará na Rússia e sua presença por lá tem sido criticada por políticos e entidades oposicionistas.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.