Daniel dal Zennaro/EFE
Daniel dal Zennaro/EFE

Lanterna Chievo demite ex-técnico da seleção após 34 dias no cargo

Gian Piero Ventura assumiu o clube no dia 10 de outubro

Estadão Conteúdo

13 de novembro de 2018 | 15h58

Gian Piero Ventura não é mais o técnico do Chievo. O anúncio foi feito nesta terça-feira pela diretoria por intermédio de uma nota no site oficial do clube. No cargo desde 10 de outubro, o treinador tinha contrato até 30 de junho de 2020.

Ventura comandou a seleção italiana na fracassada campanha nas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia, quando a tradicional equipe não obteve classificação para o Mundial.

Não demorou para que o clube anunciasse o substituto de Ventura. Trata-se de Domenico Di Carlo que realizará sua terceira passagem pelo time. Ao longo da carreira, ele também comandou o Parma, a Sampdoria, o Livorno, entre outros.

O Chievo é o último colocado do Campeonato Italiano, com zero ponto ganho. O time iniciou a competição com menos três pontos como punição por causa da situação financeira do clube.

Em 12 jogos na temporada, o Chievo empatou três vezes e perdeu outras nove. O ataque fez dez gols, enquanto a defesa foi vazada em 30 oportunidades. Na última rodada, domingo, a equipe foi goleada, por 4 a 1 , pela Roma, na capital italiana.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.