Christian Alekson/Divulgação
Christian Alekson/Divulgação

Lanterna da Série B, Ceará demite Geninho após mais uma derrota

Após reunião com presidente Evandro Leitão, técnico é dispensado 

Estadão Conteúdo

02 Agosto 2015 | 17h37

A má campanha do Ceará na Série B do Campeonato Brasileiro fez mais uma vítima no início da tarde deste domingo. Após reunião com o presidente Evandro Leitão, o técnico Geninho ficou sabendo que foi demitido e não segue no comando do time. Ele é o segundo a deixar o cargo desde o início da competição. Antes, Silas Pereira era o treinador da equipe.

Experiente, Geninho chegou ao Ceará com muita "pompa", por ter obtido acessos nos dois últimos anos, em 2013 com o Sport e 2014 com o Avaí, mas, assim como seu antecessor, não conseguiu fazer o time alcançar os resultados. Ele deixa o clube de Fortaleza na lanterna da Série B, com apenas 11 pontos, três a menos que o Mogi Mirim, o penúltimo colocado.

No total, o treinador comandou o Ceará em oito jogos, venceu apenas dois, empatou outros quatro e perdeu mais dois, o último neste sábado, uma derrota por 3 a 0 contra o Bragantino, em Bragança Paulista, pela 16ª rodada.

Campeão da Copa do Nordeste no início do ano, o Ceará não consegue repetir bons resultados na Série B. Na Copa do Brasil, entretanto, o clube faz boa campanha e já está nas oitavas de final, ainda sem adversário definido.

A diretoria terá bastante tempo para contratar um novo comandante. O próximo compromisso será apenas no sábado, às 16h30, contra o Vitória, no Castelão, pela 17ª rodada da Série B. Moacir Júnior, ex-técnico do Boa, é um dos cotados.

Mais conteúdo sobre:
futebolSérie BCearáGeninho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.