Lanterna do Campeonato Alemão decide demitir técnico

Acabou a paciência da diretoria do Greuther Furth. Nesta quarta-feira, após 22 rodadas do Campeonato Alemão e apenas duas vitórias, o técnico Michael Buskens finalmente foi demitido do lanterna da competição. O seu substituto ainda não foi definido.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2013 | 16h41

Buskens, que tem apenas 44 anos e foi jogador do Schalke 04, é um ídolo do Greuther Furth, uma vez que foi responsável, ano passado, por levar a equipe de volta à elite do futebol alemão pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial. Mas os resultados desta temporada não deixavam outra alternativa à direção do clube.

De acordo com o porta-voz do Greuther Furth, Immanuel Kaestlen, o treinador foi informado nesta tarde sobre sua demissão. O assistente Mirko Reichel, em solidariedade, também decidiu não continuar.

"Foi uma decisão muito dura para gente, porque sabemos que temos que agradecer a Buskens", destacou o presidente do clube, Helmut Hack. "Nós ainda temos uma chance de sobreviver na primeira divisão. É por isso que estamos dando ao time um novo ânimo."

Até que seja contratado um novo técnico, a equipe será treinada pelo técnico do time sub-23, Ludwig Preis, e pelo manager do clube, Rouven Schroeder.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato Alemão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.