Divulgação/ Espanyol
Divulgação/ Espanyol

Lanterna Espanyol derrota o Alavés e respira na briga contra o rebaixamento

Time catalão ainda permanece na lanterna do Campeonato Espanhol, mas ficou mais perto de sair

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2020 | 15h57

O Espanyol derrotou o Alavés neste sábado por 2 a 0, em casa, no Estádio Cornellà-El Prat, e ganhou fôlego na briga contra o rebaixamento. O time catalão ainda permanece na lanterna do Campeonato Espanhol, mas ficou mais perto de deixar a zona de rebaixamento. A partida é válida pela 28ª rodada, a primeira do reinício do torneio após paralisação de mais de três meses em função da pandemia do novo coronavírus.

Com o triunfo, o Espanyol encerrou uma série de quatro partidas sem vencer. Agora, tem os mesmos 23 pontos do Leganés, penúltimo colocado - a equipe da Catalunha continua no último lugar em razão do saldo inferior de gols. O Alavés soma 32 pontos e aparece na 15ª colocação.

O zagueiro colombiano Bernardo Espinosa fez o primeiro gol dos donos da casa e o atacante chinês Wu Lei definiu a vitória, facilitada pela expulsão do goleiro Fernando Pacheco ainda no começo da partida. Aos 18 minutos, o arqueiro tentou pegar a bola com a mão fora da área e deixou o Alavés com dez em campo. O goleiro substituto do Alavés, Roberto Jiménez, teve bom desempenho, mas não conseguiu evitar o revés de sua equipe.

Na outra partida já encerrada da 28ª rodada do Espanhol, o Villarreal bateu o Celta de Vigo fora de casa, por 1 a 0. A vitória suada foi obtida com um gol do meia Manu Trigueros nos acréscimos da partida, mostrando oportunismo dentro da área.

O resultado interrompe uma série de três derrotas consecutivas do Villarreal antes da paralisação provocada pela pandemia de covid-19 e ajuda a equipe na briga por uma vaga na próxima edição das competições europeias. No momento, ocupa a oitava posição e soma 41 pontos. O Celta ocupa o 17º lugar, com 26 pontos, e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.