Lanterna no Alemão, Werder Bremen demite treinador após derrota

Lanterna no Alemão, Werder Bremen demite treinador após derrota

Depois de derrota para o Colônia, Robin Dutt e sua comissão deixam a equipe alviverde; Viktor Skripnik, do sub-23, assume o comando

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 12h01

Em meio à péssima campanha neste início de Campeonato Alemão, o Werder Bremen anunciou neste sábado a demissão do treinador Robin Dutt. A decisão aconteceu porque a equipe ocupa a lanterna da competição, após nove jogos disputados. Além de Dutt, foram dispensados também o auxiliar Damir Buric e o preparador de goleiros Marco Langner.

O Werder Bremen ainda não venceu no Alemão após nove rodadas e ocupa a última colocação com apenas quatro pontos. Para tentar mudar o cenário, o clube decidiu promover o técnico da equipe sub-23, Viktor Skripnik, ao time principal. Ele será auxiliado, entre outros, pelo ex-volante do Werder e da seleção alemã Torsten Frings.

Apesar do retrospecto ruim neste início de Alemão, o Werder agradeceu os trabalhos de Robin Dutt. "Queremos agradecer o trabalho de Robin Dutt e sua equipe. Ele comandou o Werder nos últimos meses com grande paixão, em meio a uma fase difícil. No entanto, de acordo com resultados recentes, acreditamos que a equipe precisa de um novo impulso para sair da situação atual", comentou o diretor-geral Thomas Eichin.

A gota d''água para a demissão de Dutt foi a derrota para o Colônia por 1 a 0, na última sexta-feira, mesmo atuando em casa. Viktor Skripnik estreará no comando da equipe diante do Mainz, no próximo dia 1.º, fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.