Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Larghi admite atuação fraca do Atlético-MG e celebra empate com o Corinthians

Mineiros ficaram no 1 a 1 com o time paulista, em São Paulo

Estadão Conteúdo

02 Setembro 2018 | 10h42

O técnico Thiago Larghi considerou que o Atlético-MG não teve uma grande atuação no empate diante do Corinthians. Apesar do ponto conquistado fora de casa com o 1 a 1 do sábado, o comandante mineiro viu seu time abaixo do ideal ao tentar imprimir um novo estilo de jogo.

"Não foi o jogo que a gente esperava. Esperávamos, principalmente, um primeiro tempo melhor, com mais efetividade. Mas tentamos uma forma nova de jogar, colocamos um sistema novo e a equipe sentiu, estranhou isso. Faz parte de um processo, de uma mudança, uma tentativa que a gente fez, e seguimos. Seguimos valorizando e vamos trabalhar para fazer valer o fator casa nos dois próximos jogos", declarou.

O próprio Larghi, no entanto, considerou que o Atlético-MG melhorou no segundo tempo e lamentou a cabeçada de Ricardo Oliveira que acertou a trave. "No primeiro tempo, não funcionou muito bem. Mas no segundo tempo, já foi razoável e tivemos algumas chances, bola na trave, enfim, acho que foi válido pelo ponto que somamos fora de casa."

Se o desempenho não foi o esperado, o treinador fez questão de exaltar o resultado. De acordo com ele, o ponto conquistado na Arena Corinthians foi importante não só para manter o Atlético-MG na zona de classificação para a Libertadores, mas também para impedir a aproximação do adversário.

"Certamente, é um resultado que precisamos valorizar porque não perdemos o jogo e o Corinthians é um concorrente direto para uma vaga na Libertadores. Então, pensando que é um ponto fora de casa, é uma coisa positiva nesse aspecto, porque o adversário também não sobe e isso é válido", disse.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.