Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Larghi faz mistério no Atlético-MG e não confirma retornos de Galdezani e Luan

Técnico tem novo desfalque na lateral e ainda não decidiu o elenco titular do jogo contra o Bahia, na segunda-feira

Estadão Conteúdo

27 de julho de 2018 | 18h02

O técnico Thiago Larghi optou por fazer mistério e disse nesta sexta-feira que ainda não definiu a escalação do Atlético-MG para o duelo contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, na segunda-feira, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Com entorse, Fabio Santos vira dúvida no Atlético-MG

+ Para Larghi, desfalques justificam má atuação do Atlético em vitória sobre o Paraná

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

O treinador terá à disposição os retornos do volante Matheus Galdezani e do meio-campista Luan, que cumpriram suspensão na vitória sobre o Paraná Clube no meio da semana. Também poderá contar com o retorno do zagueiro Gabriel, que foi vetado por conta de uma virose. Larghi, no entanto, não confirmou o retorno de nenhum dos três.

"A gente ainda está definindo, analisando o Bahia com o provável time deles, e montando a melhor estratégia do nosso time. É saber jogar o jogo, montar a melhor estratégia possível para fazer uma boa partida e conseguir o resultado positivo. ", comentou o treinador.

A má notícia é que o lateral-esquerdo Fabio Santos sofreu um entorse no tornozelo esquerdo e foi vetado da partida. Para seu lugar, o treinador tem duas opções: improvisar o zagueiro Juninho ou colocar o jovem Carlos Gabriel.

O Atlético está em terceiro lugar na tabela do Brasileirão, com 26 pontos. O time volta a treinar em Belo Horizonte neste sábado, às 10h. No domingo, haverá treinamento às 15h30 e, em seguida, a delegação seguirá para a Bahia.

"A rodada foi favorável, mas nosso foco já está no Bahia. A gente sabe que vai ser um jogo difícil e vamos ter que nos concentrar bastante para fazer um bom jogo lá e conseguir o resultado positivo", finalizou Larghi.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.