Larsson afirma que nunca pensou em ficar no Manchester

O veterano atacante sueco Henrik Larsson, que voltou ao Helsingborg de seu país após passagem de três meses pelo Manchester United, afirmou nesta segunda-feira que nunca pensou em ficar no time inglês. "É maravilhoso voltar. Da minha parte nunca houve nenhuma dúvida, sempre deixei muito claro, nunca me questionei sobre não voltar ao Helsingborg. Meu contrato dizia que tinha de retornar em 12 de março, e aqui estou", apontou o ex-jogador do Barcelona em entrevista coletiva. Larsson foi emprestado ao Manchester de 1.º de janeiro a 12 de março, aproveitando a pausa de inverno do Campeonato Sueco. A transação, considerada surpreendente, deu certo: o jogador marcou gols importantes e caiu nas graças da torcida. O atacante, que jogou sua última partida pelo Manchester foi no último sábado - quando o United empatou, fora de casa, por 2 a 2 com o Middlesbrough pela Copa da Inglaterra -, ressaltou o "fantástico" ambiente da cidade inglesa, mas explicou que sentia falta de sua família. Por outro lado, ele descartou retornar à seleção de seu país, que deixou após a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. "Completarei 36 anos em setembro, já fiz a minha parte. Há bons atacantes de sobra: Allback, Ellmander, Rosenberg, e agora Ibrahimovic está de volta. O técnico entendeu minha postura", disse Larsson, que afirmou que só se aposentará quando seu corpo não agüentar mais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.